Archive for the ‘Primeiro-ministro do Japão’ Tag

Reforma de governo no Japão reforça papel da mulher

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, realizou hoje sua primeira remodelação de governo em 20 meses, na qual aumentou o número de mulheres no gabinete

shinzo abe e membros do gabineteEm um momento em que sofre uma queda de popularidade, o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, realizou hoje sua primeira remodelação de governo em 20 meses, por meio da qual manteve os principais postos do Executivo mas aumentou para cinco o número de mulheres em seu gabinete.

Abe, que não substituiu um só ministro durante mais de 600 dias, batendo um recorde na política japonesa, decidiu hoje manter seis pastas e renovar doze, o que, segundo suas palavras, marca o início da segunda etapa de seu governo.

Não houve grandes surpresas na reforma e o líder conservador, que chegou ao poder em dezembro de 2012, decidiu conservar quatro dos pesos pesados do Executivo, considerados seus mais próximos colaboradores.

Foram mantidos em suas pastas os ministros das Finanças, Taro Aso, o de Revitalização Econômica, Akira Amari, o das Relações Exteriores, Fumio Kishida, e o chefe de gabinete e porta-voz do governo, Yoshihide Suga, "veteranos soldados" da difícil política japonesa, segundo Abe.

Além disso, vão seguir em seus cargos os ministros da Educação, Hakubun Shimomura, e de Transporte, Akihiro Ota, membro do partido budista Novo Komeito, que forma a coalizão de governo ao lado do liberal-democrata (PLD).

A grande novidade foi protagonizada pelas mulheres, que somaram cinco ministérios, três a mais do que até o momento e um número que não era alcançado no Japão desde o governo de Junichiro Koizumi, de 2001 a 2002.

Entre as novas nomeações se destaca a de Yuko Obuchi, filha do antigo primeiro-ministro Keizo Obuchi, que foi designada ministra da Economia, Indústria e Comércio, e que aos seus 40 anos se transforma no membro mais jovem do Executivo.

Trata-se de um cargo importante, pois Obuchi, que já ocupava cargos de responsabilidade no governo de Abe, será a responsável pelo poderoso METI japonês, onde são decididas as políticas industriais da terceira economia do mundo e onde se deverá estabelecer o incerto futuro energético do país.

As outras quatro mulheres do gabinete são Midori Matsushima, nova ministra da Justiça; Eriko Yamatani, nomeada para a pasta responsável por lidar com o sequestro de cidadãos japoneses pela Coreia do Norte; Sanae Takaichi, ministra de Administração e Interior, e Haruko Arimura, ministra de Ativação da Mulher.

"São mulheres capazes de realizar grandes políticas. Espero conseguir uma sociedade onde todas as mulheres possam se sentir orgulhosas e confiantes em seu trabalho", disse o primeiro-ministro do Japão.

O aumento da presença feminina faz parte dos esforços de Abe para realizar uma limpeza na imagem de seu partido e cumprir com seu compromisso de estimular o protagonismo da mulher na sociedade japonesa, onde a supremacia masculina é arrasadora.

Neste sentido, o governo japonês iniciou uma estratégia conhecida como "Womenomics", cujo objetivo é aumentar a proporção de mulheres em cargos de responsabilidade para 30% até 2020, tanto no setor público como no privado.

A remodelação anunciada hoje foi realizada em um momento no qual os índices de popularidade de Abe, que se mantiveram inalterados em cerca de 70% durante a maior parte de seu mandato, caíram até 20%.

A principal razão são as mudanças na pacifista Constituição do país, alterada para que as forças armadas do Japão sejam mais ativas em nível mundial e possam participar de conflitos internacionais.

A primeira parte de seu mandato, que qualificou hoje como "um período de estabilidade", foi dominada sobretudo pelo início de uma contundente política econômica conhecida como "Abenomics", baseada principalmente em uma agressiva flexibilização monetária.

A política conseguiu reanimar a economia japonesa após quase duas décadas de letargia marcadas pela deflação crônica.

O hiperativo primeiro-ministro, que visitou quase 50 países em menos de dois anos de governo, afirmou que sua principal missão é a recuperação econômica e que, apesar do esforço feito, "ainda se está no meio do caminho".
Fonte: Exame com EFE

Anúncios

Banco Central japonês pede reforma mais ousada

O primeiro-ministro Shinzo Abe prometeu elevar o crescimento potencial para 2%, ante os atuais 0,5%

Banco Central japonêsO presidente do Banco do Japão, Haruhiko Kuroda, pediu nesta segunda-feira esforços mais ousados para elevar o potencial da economia como parte da campanha do G20 para impulsionar o crescimento global de longo prazo, mantendo a pressão em cima do primeiro-ministro para que apresente uma estratégia plausível de expansão econômica.

"Elaborar estratégias para o crescimento é o principal desafio do G20, então o Japão precisa fazer mais esforços sobre isso", afirmou Kuroda em reunião com executivos nesta segunda-feira.

O primeiro-ministro Shinzo Abe prometeu elevar o crescimento potencial para 2 por cento, ante os atuais cerca de 0,5 por cento.

Kuroda descreveu a meta como "ambiciosa, mas não impossível", caso haja esforços para desregular a economia e incentivar mulheres e estrangeiros a participar da força de trabalho.

As declarações foram feitas um dia antes de Abe apresentar sua nova estratégia de crescimento de longo prazo, que inclui medidas como cortes de impostos e reforma da previdência.
Fonte: Alternativa com Reuters

Shinzo Abe se concentrará em estratégia de crescimento

A economia japonesa tem apresentado um crescimento sólido neste ano, graças às duas "flechas" do plano macroeconômico do premiê

Shinzo Abe: primeiro-ministro japonês anunciou em junho pacote de medidas para estimular crescimento, mas maioria delas foi colocada em esperaCom a controversa decisão de elevar o imposto sobre vendas já tomada, o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, poderá se concentrar em sua estratégia para o crescimento econômico – a "terceira flecha" da chamada Abenomics – durante a sessão parlamentar que começa na próxima semana.

A economia japonesa tem apresentado um crescimento sólido neste ano, graças às duas "flechas" do plano macroeconômico do premiê: relaxamento monetário agressivo e gastos do governo. No entanto, tanto Abe quanto alguns economistas, afirmam que medidas destinadas ao crescimento são vitais para manter o ritmo e tirar o país dos 15 anos de deflação de uma vez por todas.

Abe anunciou em junho um pacote de medidas para estimular o crescimento, mas a maioria delas foi colocada em espera, já que precisa de legislação.

Em seguida à eleição realizada em julho para a Câmara Alta do Parlamento, que resultou no controle da coalizão de Abe sobre as duas câmaras, o governo transformou a aprovação de projetos de lei relacionados ao pacote de crescimento em sua maior prioridade.

"Nós gostaríamos de aprontar nossa estratégia de crescimento para implementação durante esta sessão do Parlamento", afirmou o secretário-chefe do gabinete, Yoshihide Suga. As medidas que provavelmente serão debatidas na sessão parlamentar que começa na terça-feira e vai até o início de dezembro são aquelas que reforçam a competitividade das companhias japonesas e criam zonas especiais de comércio.

O Japão teve expansão de 3,8% no segundo trimestre deste ano, a maior entre os países industrializados, e, na tentativa de contrabalançar o impacto do planejado aumento no imposto sobre vendas de 5% para 8%, a partir de abril do próximo ano, Abe pediu que o governo compilasse um pacote de estímulo de 5 trilhões de ienes. De todo modo, segundo economistas, sem mais medidas de reforma estrutural um crescimento sustentado é improvável.
Fonte: Exame com Dow Jones Newswires

Abe promete concentrar forças para vencer deflação

A Abenomics, que é a política do primeiro-ministro que combina dinheiro fácil e gastos maciços do governo, vem sendo bem recebida pelos mercados

O primeiro-ministro do Japão Shinzo Abe: em uma pesquisa divulgada hoje, 53% dos eleitores afirmaram que votarão no partido de Abe na eleição para o Senado no próximo mêsO primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, prometeu nesta quarta-feira (26) que concentrará seus esforços ao longo dos próximos três anos para superar a deflação, que pesa sobre a economia japonesa há mais de uma década.

"Eu entendo que superar a economia deflacionária que persiste no Japão há 15 anos não é tarefa fácil", disse Abe a jornalistas após a conclusão da sessão regular do Parlamento do país.

Abe disse que a coalizão governante, formada pelo Partido Democrático Liberal (PDL) e o Novo Komeito, terá como objetivo ganhar a maioria das cadeiras do Senado nas próximas eleições parlamentares, marcadas para julho.

Depois de alcançar estabilidade política, Abe afirmou que seu governo "vai basicamente se concentrar (em superar a deflação) nos próximos três anos".

A Abenomics, que é a política do primeiro-ministro que combina dinheiro fácil e gastos maciços do governo, vem sendo bem recebida pelos mercados e levou o governo de coalizão a um alto índice de aprovação. "Um país que perdeu seu poder econômico não pode exercer força na diplomacia ou na segurança nacional", disse Abe. "Meu foco será a difícil tarefa de reconstruir a nossa economia", acrescentou.

O foco na economia é uma tentativa de dissipar as dúvidas sobre o compromisso de Abe de avançar com medidas de reforma estrutural, que são vistas como fundamentais para transformar a melhora no sentimento do mercado em uma recuperação da economia real.

Em uma pesquisa divulgada hoje, 53% dos eleitores afirmaram que votarão no partido de Abe na eleição para o Senado no próximo mês.
Fonte: Exame com Dow Jones Newswires

O Nihon - Curiosidades sobre o Japão

Passagens aéreas, pacotes turísticos, visto japonês, venda Japan Rail Pass

Passagem para o Japão - Ligue 11 3101-8193

Passagens aéreas, pacotes de turismo, seguro viagem, reserva em hotel, visto japonês, venda Japan Rail Pass

Viagem para o Japão

Passagem aérea e pacote de turismo para o Japão

Vaga no Japão

Vagas e notícias do Japão

Japan Rail Pass - JRP

Passagens aéreas, pacotes turísticos, visto japonês, venda Japan Rail Pass

Visto japonês: nissei, sansei, yonsei, cônjuges e turismo

Como tirar visto japonês - contato@vistojapones.com.br - www.vistojapones.com.br

Trabalho no Japão

Passagens aéreas, pacotes turísticos, visto japonês, venda Japan Rail Pass

Empreiteiras no Japão

Emprego - passagem aéea - tradução - visto para o Japão, telefone 11 3101-8193

Emprego no Japão em 2017

Passagens aéreas, pacotes turísticos, visto japonês, venda Japan Rail Pass

Aeroportos de todo o mundo

Informações sobre os principais aeroportos e companhias aéreas

Informações sobre empregos no Japão

Passagens aéreas, pacotes turísticos, visto japonês, venda Japan Rail Pass

Passagem Aérea para o Japão - Narita, Nagoya e Osaka

Passagens aéreas, pacotes turísticos, visto japonês, venda Japan Rail Pass

Pacote de turismo para o Japão e para o Oriente

Passagens aéreas, pacotes turísticos, visto japonês, venda Japan Rail Pass