Archive for the ‘Nissan’ Tag

Nissan pode ter 1º prejuízo trimestral desde 2009, dizem fontes

Além da queda nas vendas, as paralisações na produção causadas também podem reduzir os lucros

nissan-logo
A Nissan Motor pode reportar seu primeiro prejuízo trimestral em mais de uma década por causa da queda nas vendas, disseram fontes familiarizadas com a empresa, aumentando a pressão sobre os esforços para reconstruir a montadora depois da saída de Carlos Ghosn.

Os lucros em deterioração ressaltam os desafios enfrentados pela Nissan, que está voltando atrás em muitas das estratégias expansionistas defendidas pelo ex-presidente-executivo Ghosn, cortando empregos, locais de produção e ofertas de produtos para economizar dinheiro e garantir sua sobrevivência.

Além da queda nas vendas, as paralisações na produção causadas pelo surto de coronavírus na China também podem reduzir os lucros.

Três funcionários da segunda maior montadora do Japão disseram à Reuters que antecipam uma divulgação de resultados ruins, com um deles chamando os números de “desanimadores”.

Dois dos funcionários alertaram que existe a possibilidade de um prejuízo operacional, que seria o primeiro prejuízo trimestral desde o período que terminou em março de 2009.

A Nissan disse que não poderia comentar sobre seus resultados financeiros antes da divulgação oficial.

A empresa deve reportar lucro operacional de 48,6 bilhões de ienes (442,5 milhões de dólares) no trimestre encerrado em dezembro, menos da metade dos 103 bilhões de ienes do ano passado, de acordo com pesquisa da SmartEstimate com três analistas, que revisaram suas previsões em janeiro.

No entanto, essas previsões foram feitas antes da divulgação dos números de vendas de veículos de dezembro, em 30 de janeiro, que mostram que as vendas no terceiro trimestre caíram 11% em relação ao ano anterior, segundo cálculos da Reuters. Essa é a maior queda trimestral da atual crise de vendas que começou há dois anos.

Esse declínio nas vendas levou um analista de ações do Japão a cancelar sua previsão anterior e também alertou que a Nissan poderá ter um prejuízo.

“Será uma questão de saber se haverá lucro ou prejuízo. Para o trimestre, um prejuízo é uma possibilidade”, disse ele, recusando-se a ser identificado, pois sua previsão não foi atualizada para refletir sua visão mais recente.
Fonte: Alternativa com Reuters

Renault e Nissan compram empresa de tecnologia para criar aplicativos de mobilidade

As duas montadoras afirmaram que a aquisição vai impulsionar o desenvolvimento de softwares

reanault-nissan
Renault e Nissan anunciaram na terça-feira que vão comprar a produtora francesa de software Sylpheo em uma estratégia para competirem no desenvolvimento de novos serviços como aplicativos de transporte urbano.

As duas montadoras afirmaram que a aquisição, em que vão absorver 40 engenheiros e consultores da Sylpheo, vai impulsionar seu desenvolvimento de software e experiência em computação em nuvem.

“A equipe da Sylpheo terá oportunidade de trabalhar em nossa próxima geração de carros conectados e outras tecnologias avançadas”, disse Ogi Redzic, vice-presidente sênior para veículos conectados e serviços de mobilidade da Renault-Nissan.

“Eles desempenharão papel fundamental nesta nova era de tremendas mudanças para a indústria automotiva global”, acrescentou.

Montadoras desde Toyota a General Motors têm investido em empresas de software e companhias iniciantes de mobilidade para se posicionarem para o cenário de ascensão do carro autônomo e outros serviços conectados.

Renault e Nissan planejam lançar mais de 10 veículos com tecnologia de direção autônoma até 2020. A Nissan pretende desenvolver funções de direção em múltiplas pistas, algo que inclui mudanças de faixa de rolamento, até 2018.
Fonte: Alternativa

Nissan reduzirá sua capacidade de produção no Japão

Companhia japonesa produzirá mais veículos na China, Brasil e Rússia
A Nissan planeja cortar sua capacidade de produção no Japão em 15% a partir do próximo mês, revelou o diário Nikkei. A companhia automobilística irá fechar uma das duas linhas que possui em Oppama, Kanagawa. A capacidade anual de produção da empresa japonesa cairá de 1,35 milhões para 1,15 milhões de veículos. No entanto, a Nissan planeja aumentar a produção nacional no ano fiscal de 2012 em 2% interanual a 1,22 milhões de unidades, graças ao trabalho de horas extras e feriados de seus funcionários.

A montadora de Oppama produz anualmente 430.000 unidades e sete modelos entre eles, o Leaf. A produção do Note será transferida para a fábrica de Fukuoka enquanto a do Tiida deixará de ser produzida no Japão. Apesar do corte não haverá diminuição no número de funcionários, ressaltou o Nikkei. A Nissan ambiciona elevar suas vendas a nível global, que atingiram 4,84 milhões de unidades no ano fiscal 2011, a pelo menos 7,6 milhões para o ano fiscal de 2016.

A produção aumentará nos mercados emergentes como o chinês, brasileiro e russo.
Fonte: IPC Digital

Nissan anuncia local de fábrica no Brasil em outubro, diz fonte

A Nissan deve anunciar o local de instalação de uma fábrica no Brasil na semana que vem, em um investimento bilionário que poderá incluir a produção de veículos elétricos, segundo uma fonte envolvida nas negociações.

O Estado do Rio de Janeiro é um dos principais destinos avaliados pela segunda maior montadora de veículos do Japão.

“Eles pretendem investir cerca de 1,5 bilhão de dólares na fábrica”, informou a fonte, que pediu para não ser identificada. “Eles falaram em fabricar 220 mil carros por ano (…) Carros populares, carros elétricos, três a quatro segmentos de veículos”, acrescentou.

O investimento daria mais espaço para o crescimento da marca no quarto maior mercado de veículos do mundo.

Atualmente, a Nissan divide um complexo fabril no Paraná com sua parceira francesa Renault. A Nissan produz no país a picape Frontier e os modelos da família do monovolume Livina no município de São José dos Pinhais.

O anúncio coincide com um momento em que as montadoras japonesas enfrentam um iene forte no Japão, o que reduz a competitividade de suas exportações.

Além disso, surge em meio a uma série de investimentos em novas unidades produtivas no Brasil por novos entrantes, como as chinesas JAC e Chery, e de montadoras estabelecidas há mais tempo no país como Fiat, General Motors e Toyota.

O investimento também será revelado pouco depois que o governo federal aumentou o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) de veículos importados em 30 pontos percentuais, exigindo das montadoras índice de nacionalização de 65 por cento e o cumprimento de uma série de etapas produtivas no Brasil como contrapartida para evitarem a alta do tributo.

Segundo a fonte, a Nissan avaliou vários Estados para o investimento, incluindo Bahia, Paraná e São Paulo, mas o Rio de Janeiro está no topo da lista, com as cidades de Resende, Porto Real e o complexo industrial do empresário Eike Batista, que está sendo construído em São João da Barra, na lista de preferências da montadora.

Resende possui fábricas de automóveis da Peugeot e de ônibus e caminhões da Volkswagen, enquanto Porto Real abriga uma unidade da Citroen.

Em junho, a Nissan anunciou que iria construir uma fábrica no Brasil, para aliviar suas instalações no México, mas não anunciou até agora detalhes sobre os planos.

Em abril do ano passado, o presidente mundial da montadora, Carlos Ghosn, assinou com a prefeitura de São Paulo parceria para estudar oportunidades de uso de veículos elétricos na capital paulista.

De janeiro a agosto, a Nissan acumula vendas de 36.819 automóveis e comerciais leves no Brasil, ante 19.906 no mesmo período de 2010. A empresa subiu uma colocação no ranking de montadoras, para 12o lugar, passando de 0,96 para 1,65 por cento de market share, segundo a associação de concessionários Fenabrave.

Procurada no Brasil, a Nissan confirmou que vai construir uma fábrica no país com capacidade para cerca de 200 mil veículos.

A unidade faz parte do plano “Power 88”, que tem como objetivo aumentar a participação de mercado mundial e a margem de lucro da companhia para oito por cento em seis anos.

A assessoria da Nissan não comentou detalhes sobre o investimento ou local da fábrica.
Fonte:  O Estado de S. Paulo com Reuters

O Nihon - Curiosidades sobre o Japão

Passagens aéreas, pacotes turísticos, visto japonês, venda Japan Rail Pass

Guia para viver no Japão

Informações sobre a vida cotidiana no Japão dos japoneses e dos estrangeiros que vivem no país.

Passagem aérea para o Japão, Tóquio, Nagoya ou Osaka

Passagens aéreas, pacotes de turismo, seguro viagem, reserva em hotel, visto japonês, venda Japan Rail Pass

Viagem para o Japão

Passagem aérea e pacote de turismo para o Japão

Vaga no Japão

Vagas e notícias do Japão

Japan Rail Pass - JRP

Passagens aéreas, pacotes turísticos, visto japonês, venda Japan Rail Pass

Visto japonês, nissei, sansei, yonsei, cônjuges e turismo

Como tirar visto japonês - contato@vistojapones.com.br - www.vistojapones.com.br

Trabalho no Japão

Passagens aéreas, pacotes turísticos, visto japonês, venda Japan Rail Pass

Empreiteiras no Japão

Emprego - passagem - tradução - visto para o Japão

Emprego no Japão

Passagens aéreas, pacotes turísticos, visto japonês, venda Japan Rail Pass

Aeroportos de todo o mundo

Informações sobre os principais aeroportos e companhias aéreas

Informações sobre empregos no Japão

Passagens aéreas, pacotes turísticos, visto japonês, venda Japan Rail Pass

Passagem Aérea para o Japão - Narita, Nagoya e Osaka

Passagens aéreas, pacotes turísticos, visto japonês, venda Japan Rail Pass

Pacote de turismo para o Japão e para o Oriente

Passagens aéreas, pacotes turísticos, visto japonês, venda Japan Rail Pass